Fundado em 04/07/2001
Curitiba - Paraná - Brasil

contato:

Site dedicado aos Sky Riders e a todos que já participaram de nossos encontros, eventos e ou atividades

O Ponto de encontro entre os amigos Sky Riders.
Paraquedistas e/ou Motociclistas, ou ainda para aqueles que simplesmente são amantes de atividades ao ar livre.
( 29/01/15 RC )
9 visitantes no momento

Teste das estatisticas do Site
 km
desde 25/05/2004
 

DVD

 
Aqui estaremos escrevendo sobre os dvds favoritos de nossos amigos, sem nenhuma pretensão de ser crítico musical, vamos apenas falar um pouco sobre os dvds que você mais gosta e mais assiste para quem ainda não conhece. Fique a vontade para mandar seu texto sobre os dvds que você gosta para faleconosco@skyriders.com.br

 
Fat Boy Slim - Big Beach Boutique II (2002)
 
  
Um dvd muito interessante gravado na praia de Brighton, (UK) com 250.000 pessoas que transformaram a praia em uma grande festa. Um visual deslumbrante tanto na praia como no mar, que está cheio de barcos, e dos quais as imagens são  impressionantes. As músicas bem selecionadas e a sequencia bem montada proporcionaram um show sensacional. Eu gosto muito da terceira música e da última, que finaliza o show de uma maneira muito tranquila, depois de tanta adrenalina. Um dvd muito legal para ver com a família e os amigos sem deixar de ver ou ouvir nenhuma música.
  
Danielle
 

   
Shakira: Live & Off The Record (2004)
  
  
DVD simplesmente fantástico gravado em sua maior parte na Holanda, mostrando um pouco da sua turnê mundial após o lançamento de seu disco de 2001, “Laundry Service”. O DVD mostra a cantora em plena forma interpretando com muito carisma seus sucessos, alguns com arranjos diferentes, mais muito legais, com uma banda competente e com uma boa pegada rock and roll. É um colirío para os olhos e boa música para os ouvidos. A interpretação de “Back In Black”, clássico dos australianos AC/DC é de arrepiar, mais "Ciega, Sordomuda", que eu gosto muito e acho uma bela canção, e mais o espetáculo de dança desta colombiana já valeriam o DVD e já estaria muito bom. Só que o DVD ainda vem recheado de cenas de bastidores e com um documentário sobre ela muito legal. Faltou só as legendas nas músicas para ser perfeito. Clássico absoluto e DVD básico para quem gosta de música e video.

Walmir - Sky Riders

 

  
The Eagles - Hell Freezes Over (1994)
 

 
Eu tenho que admitir que não era muito fã de Eagles até assistir "Hell Freezes Over". Conhecia algumas músicas do grupo e mais algumas de trabalhos solos dos integrantes. Eu estava fazendo compras no mercado e vi o DVD tocando na parte de som e imagem da loja e me chamou atenção na hora. Acabei comprando o DVD numa banca de ofertas por R$ 14,00. O DVD é fantástico. Gravado em Abril de 1994, este DVD mostra uma sintonia perfeita entre eles que nem parece que ficaram 14 anos sem gravar (ou de férias como eles disseram). O nome, "Hell Freezes Over", é a resposta que Don Henley dava quando perguntavam quando eles se reuniriam novamente para gravar e fazer shows: "Quando o inferno congelasse". A qualidade de som deste dvd é fantástica e mostra o Eagles na sua clássica formação com Glenn Frey, Don Henley, Don Felder, Joe Walsh, Timothy B. Schmit interpretando clássicos, exceto "Get Over It" e "Love Will Keep Us Alive", que são "novas", em uma performance impressionante. "Hotel Califórnia" já vale o DVD. Clássico absoluto e DVD básico para quem gosta de música e video.
 
Walmir - Sky Riders
 

 
AC/DC - No Bull (1996)
 
 
Este DVD, dirigido por David Mallet, gravado em 1996 na Plaza De Toros De Las Ventas no centro de Madri, é uma obra prima do rock. Mostra a banda na sua clássica formação com Angus Young, Malcolm Young, Brian Johnson, Cliff Willians e Phil Rudd interpretando seus clássicos de maneira magistral. Arraste o sofá da sala e escute bem alto. Cada música é um espetáculo. Simplesmente fantástico. Clássico absoluto do Rock. Um grande DVD. Um grande Show que eu tive o privilégio de assistir em 1996 aqui no Brasil na turnê do disco "Ballbreaker". Assisti outros dvds do AC/DC, mas este é imbatível. Vem com o documentário "The Making Of Hard As A Rock". Clássico absoluto e DVD básico para quem gosta de música, video e do bom e velho rock and roll !

Em 2008, na versão "The Directors Cut" teve todo seu conteúdo re-editado em HD (Alta Definição) e remixado em stereo 5.1 Dolby Surround Sound. Vem com faixas bônus, closes exclusivos na performance de "Angus-cam" nas músicas: 1.Shoot To Thrill, 2.Hail Caesar, 3.Rock and Roll Aint Noise Pollution, 4.You Shook Me All Night Long e está disponível em Blu-ray.
 
Walmir - Sky Riders
 

 
INXS - Live Baby Live (1991)
 
 
Eu já conhecia alguma coisa da banda em 1989 e quando soube deste show, comprei o VHS importado na época. O show, filmado em 1991 no Wembley Stadium para 72.000 pessoas, é fantástico. Uma grande banda em uma noite inspirada. "New Sensation", "Disappear", "Suicide Blonde" e "Never Tear Us Apart"  já valem o DVD. Eu tive o privilégio de ver a banda aqui no Brasil e posso dizer que Michael Hutchence era um grande vocalista, e isto fica evidente quando você assiste este show. Em 2003 o show com 21 músicas foi lançado em DVD e já estaria muito bom. Só que o DVD vem ainda com galeria de fotos, entrevistas, cenas de bastidores e com um documentário de 40 minutos. Clássico absoluto e DVD básico para quem gosta de música e video.
 
Walmir - Sky Riders
  

   
Tina Turner - Live from Barcelona 1990 "Do you want some action!" (1998)
   
  
Tina Turner deve ser a cantora de rock mais bem sucedida da história. É dificil escolher um disco ou dvd entre tantos excelentes trabalhos. Este dvd especialmente, é o que eu mais gosto. O show é recheado de clássicos e belas músicas da cantora. É impressionante como os espanhóis gostam de rock e parece que se entregaram a energia e ao carisma de Tina, que domina completamente o show. É um grande DVD. Um show excepcional. Uma performance maravilhosa. Ela mostra porque ganhou tantos prêmios. "Steany Windows", "Typical Male", "Ask Me How I Fell", "The Best" já valem o DVD. Clássico absoluto e DVD básico para quem gosta de música e video.
 
Walmir - Sky Riders

  
John Fogerty - Premonition (1998)
  
 
 
Um DVD "caprichado". Li algumas coisas sobre falhas e qualidade do som, mas não percebi nada. John Fogerty em boa forma manda ver os clássicos do Creedence Clearwater Revival e novas músicas em um palco com um cenário bem legal e com uma banda bem competente. Não diria que é um clássico, mas é um dvd muito bom e com certeza é diversão garantida. 
A "nova" música "Premonition" é bem legal.
  
Walmir - Sky Riders
 

  
Maná - MTV Unplugged  (1999)
  
 
  
Neste dvd você pode ver e ouvir uma bela apresentação da banda mexicana Maná. Com músicas tranquilas e românticas, (Vivir Sin Aire está na trilha da novela Mulheres Apaixonadas), vale muito a pena conferir e assistir todo o DVD, pois cada música fala sobre temas diferentes fazendo com sua imaginação atinja todas as áreas da sua vida. 
   
Danielle

19/10/2007

  

  
 Roger Waters - In The Flesh Live (2001)
  
 
  
Roger Waters pra mim, sempre foi a cara e a mente criativa do Pink Floyd. É claro que David Gilmour, Nick Mason, Richard Wright como Pink Floyd, após a separação, conceberam trabalhos maravilhosos como por exemplo, o VHS de "Delicate Sound of Thunder" e o grandioso "Pulse", mas eu gosto muito de "In The Flesh". Desde o repertório, basicamente Pink Floyd, até a banda muito competente, os cenários, os videos e a interpretação carismática e sem igual de Roger Waters para clássicos inesquecíveis, prendem sua atenção e você "viaja" nas músicas. Um Grande DVD. Um Grande Show. E já estaria muito bom! Só que o DVD ainda vem com vários Extras e um documentário "Behind the Scenes" de 30 minutos. Clássico absoluto e DVD básico para quem gosta de música e video.
  

Walmir - Sky Riders

19/10/2007

 

  
I'm Only Looking - The Best of INXS (In Excess) (2004)
  
  
Eu penso que toda banda deveria ter um trabalho assim. No primeiro DVD, cada um dos 25 videoclips da banda completos com excelente qualidade de audio e video, comentados no inicio pela própria banda. No segundo DVD, muito material ao vivo, muito material raro que você nunca iria ver, versões remixadas, documentários, material não lançado, cenas de bastidores e a clássica galeria de fotos... Uma overdose de bom material muito bem distribuidos no DVD. É para tirar lágrimas dos olhos dos fans...
 
Walmir - Sky Riders

22/10/2007

 

 
U2 - Rattle and Hum (1988)
 
 
Este dvd é um filme "Rock Documentário" da turnê do maravilhoso e clássico álbum "Joshua Tree" do U2 composto de gravações de estúdio e performances ao vivo em várias locações na América. Não tem como escolher determinadas canções porque todo o trabalho é muito bom e eu gosto muito. Antes do dvd, gastei a fita vhs de tanto assistir e a minha frustração é não ter assistido no cinema. Um destaque talvez para "When Love Comes to Town", "I Still Haven't Found What I'm Looking For" gravada na igreja com o coral e a bela "Angel of Harlem" gravada no "the Sun Studio" em Memphis. O preto e branco das gravações deu uma intensidade impressionante ao filme e realmente é de muito bom gosto. A performance do grupo é fantástica e envolvente. Um Grande DVD. Realmente um momento brilhante na carreira do U2. O vhs traz nove músicas e o dvd onze músicas que não foram incluídas no álbum "Rattle And Hum". Clássico absoluto e DVD básico para quem gosta de música e video.
 
Walmir - Sky Riders

23/10/2007

 

 
Saturday Night Fever - Os Embalos de Sábado à Noite (1977)
 
 
 
do site http://www.geocities.com/Hollywood/Location/9137/embalos.htm
 
Na segunda metade da década de 70, aproveitando a onda das discotecas, surgiu o primeiro disco movie, "Car Wash" (1976). Mas o grande fenômeno da era dançante viria logo depois, em 1977, quando Hollywood projetou uma de suas mais bem-sucedidas invenções da década - John Travolta, em "Os Embalos de Sábado à Noite" (Saturday Night Fever).

O filme tornou-se cult instantaneamente. A maior prova disse é que "Os Embalos de Sábado à Noite" transformou a disco music em religião e John Travolta em deus. É claro que hoje em dia a moda das discotecas não passa de uma distante referência aos anos 70, mas o que conta é a intensidade. Na época de lançamento do filme, havia imitadores de Travolta em cada canto da Terra e a coisa chegou a durar uns três ou quatro anos!

O curioso é que o filme não tinha a mínima pretensão de se tornar o estrondoso sucesso mundial que se tornou. Ninguém imaginava que tal coisa fosse acontecer. Quer saber como a coisa toda começou?

"A nova geração corre alguns riscos; se forma no colégio, procura um emprego, resiste aos problemas. E uma vez por semana, nas noites de sábado, ela explode." Assim escreveu o jornalista Nik Cohn numa matéria de capa para o jornal New York Post, em junho de 1976. Seu artigo falava de jovens do distrito de Bay Ridge, no Brooklyn, que toda semana escapavam de suas rotineiras vidas dançando e se libertando dos problemas numa discoteca local. O artigo de Cohn, "Tribal Rites of the New Saturday Night" ("Ritos Tribais da Nova Noite de Sábado"), virou filme em 1977, estrelado por John Travolta e Karen Gorney. Sob o título de Saturday Night Fever (aqui "Os Embalos de Sábado à Noite"), o filme já tinha faturado 108 milhões de dólares até o final de 1978. Por volta de abril daquele ano, a trilha sonora do filme já tinha vendido mais de dez milhões de cópias, tornando-se o álbum mais vendido da época. O LP duplo apresentava basicamente sucessos novos e anteriores dos Bee Gees, além de Kool & The Gang, K.C. & The Sunshine Band, The Trammps, M.F.S.B., Walter Murphy, Tavares, Yvonne Elliman e outros. O álbum permaneceu um total de 24 semanas no 1.º lugar das paradas e vendeu eventualmente mais de 30 milhões de cópias (hoje este número chega a 50 milhões), tornando-se um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos. Detalhe: ainda é a trilha sonora mais vendida da história.

Outra façanha que a trilha sonora do filme fez foi alavancar novamente a carreira dos Bee Gees, que tinham feito muito sucesso no final dos anos 60 mas andavam em baixa em meados dos anos 70. Todas as cinco canções que eles compuseram especialmente para o filme (Stayin' Alive, How Deep Is Your Love, Night Fever, More Than a Woman e If I Can't Have You) tornaram-se mega sucessos de imediato, e os outros dois sucessos que eles já haviam lançado em discos anteriores (Jive Talkin' e You Should Be Dancing) foram catapultadas para uma ascensão ainda maior.


Barry Gibb, o líder dos Bee Gees, conta: "Robert (Stigwood, produtor do filme e dos Bee Gees) me ligou e disse que estava fazendo um filme chamado 'Tribal Rites Of The New Saturday Night', baseado num artigo de Nik Cohn do New York Post. Pediu sugestões de músicas. Ele disse que nunca tínhamos feito trilhas sonoras, e seria uma experiência legal. Falei que pensaria a respeito e ligaria. Umas duas horas depois, liguei com três sugestões, duas delas sendo as faixas Stayin' Alive e Night Fever. E também sugeri outro título para o filme ao invés de 'Tribal Rites of the New Saturday Night'. Algo que as pessoas se lembrassem e que fosse mais curto. Sugeri que 'Night Fever' fosse o título do filme. Robert retrucou que aquilo era muito pornográfico (!), muito quente e que não poderia usá-lo. Eu disse que não sabia por quê ele achava pornográfico, mas que aquelas eram minhas sugestões."

Depois disso cogitou-se o título que seria finalmente o nome original do filme, "Saturday Night Fever". John Travolta foi escalado para o papel principal, de Tony Manero. (O diretor John Badham já havia trabalhado com ele num filme para a TV de 1976, The Boy In The Plastic Bubble/O Rapaz da Bolha de Plástico). O par romântico de Travolta foi a atriz Karen Lynn Gorney, que já havia trabalhado no teatro e na TV.

A seqüência de abertura de "Os Embalos de Sábado à Noite" é uma das mais famosas e instantaneamente reconhecidas do cinema, onde John Travolta caminha com seu gingado característico ao som de Stayin' Alive.

"A letra de Stayin' Alive", diz Barry Gibb, "fala do efeito de Nova York sobre o homem. Nova York estava tendo aquele efeito no mundo todo. Não tanto na Califórnia, mas a Studio 54 [discoteca mais famosa de Nova York e um símbolo da era disco], a vida noturna, os jovens tentando encontrar um futuro e, sem aquela vida noturna, não haveria futuro. Acho que Tony, de Saturday Night Fever, era um deles."
 

 

Sky Riders
Adicionar aos Favoritos
Definir como Página Inicial
Recomende nosso site à seus amigos !


Pesquisa personalizada

SKY RIDERS BUSINESS
 

REJANE CAGGIANO
Marcas & Patentes
 

SKY BLOG


 



Última atualização em: 
13 Dezembro 2016 às 23:40 hr RC